Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt
.artigos recentes

. Tempo novo, totalitarismo...

. Golpistas encartados

. Amadorismo

. A habitual arrogância dos...

. Ainda a cópia privada

. Boa notícia...

. Maldito solarengo

. Querida televisão...

. Desinformação ou ignorânc...

. Ratisbona, laicidade e la...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

Terça-feira, 30 de Março de 2004
O Canadá e a sharia
Em Dezembro, publiquei um artigo a propósito da possível introdução no Canadá da sharia (lei islâmica) para derimir conflitos entre pessoas de confissão muçulmana. É claro que seria uma versão abreviada da sharia (não incluindo, por exemplo, a lapidação de mulheres adúlteras).

No entanto, parece-me que mesmo a introdução de uma versão reduzida da sharia será inaceitável num país ocidental. Obviamente, as organizações feministas já se começaram a movimentar e eu, insuspeito de simpatizar com a maioria dessas feministas, concordo plenamente com a sua luta contra esta ideia peregrina, multiculturalista e politicamente correcta (e estúpida também). É óbvio que, numa sociedade patriacal e fechada como é aquela dos muçulmanos mesmo a viver no Ocidente, as mulheres muçulmanas é quem mais vão sofrer pois serão praticamente compelidas, devido a pressões familiares e sociais, a recorrerem ao tribunal islâmico em vez dos tribunais a que todos os cidadãos do Canadá têm acesso. Estará a condenar-se uma população a não ter os mesmos direitos da restante população.

É perfeitamente claro para mim este ponto, mas também o é para muitos árabes e/ou muçulmanos. Aconselho por isso a leitura do texto Islamism & Multi-culturalism - A United Camp against Universal Human Rights in Canada por Azam Kamguian.
publicado por Rui Oliveira às 11:15
link do post | favorito
De Anónimo a 30 de Março de 2004 às 19:15
Isto não é multiculturalismo. É, como diz muito bem o Rui, uma estupidez. O que é a cultura? É a capacidade, que o ser humano adquiriu (com a civilização?...ou foi a civilização que surgiu da cultura?), de produzir conhecimento novo a partir do conhecimento que adquiriu. Cultura implica evolução, mudança. Cultura implica o uso de bases de conhecimento para criar novas bases que destroem, muitas vezes, as que lhes deram origem. Será que o islamismo fundamentalista aceita a mudança? E se não a aceita podemos chamar-lhe "cultura"? Não sei, mas penso que é uma pergunta pertinente. Porque um conceito, uma ideia, que não evolui, não é cultura, é um fóssil.CMF
(http://no-mundo.weblog.com.pt)
(mailto:cfernandes81@hotmail.com)
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. aborto

. ambiente

. anti-semitismo

. blogosfera

. blogs

. ciência

. comentário

. comunicação social

. cultura

. desporto

. diversos

. ecologia

. economia

. educação

. efeméride

. eleições

. ensino

. europa

. frança

. futebol

. futebol portugal

. história

. história de portugal

. idiotas úteis

. internacional

. israel

. justiça

. língua

. literatura

. literatura cultura

. liturgia

. livros

. multiculturalismo

. música

. poesia

. polémicas

. política

. politicamente correcto

. porto

. portugal

. religião

. terrorismo

. tradução

. tradução comentário

. união europeia

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds