Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

Super Flumina

Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt

Super Flumina

Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt

Desta vez calhou à França

Há já uma semana que foram raptados dois jornalistas franceses, Georges Malbrunot e Christian Chesnot, por um chamado Exército Islâmico no Iraque.

A surpresa para muitos pode ser total. Então a França não foi contra a invasão e consequente ocupação do Iraque pelos EUA e seus aliados? Os media franceses não exaltam, com bastante frequência aliás, os feitos dos "resistentes" iraquianos (qual indomáveis gauleses)? Então porquê, agora, raptar jornalistas franceses?

Bem, quem pensar que os islamitas usam da lógica então não percebeu nada do que está em jogo nem o tipo de guerra que temos pela frente. Os islamitas reclamam, pura e simplemente, que um governo estrangeiro revogue uma lei interior (a chamada lei do véu), votada pela assembleia nacional francesa, por acharem que discrimina os muçulmanos (mais precisamente as mulheres).

Isto demonstra claramente o carácter totalitário dos islamita que querem impor a sua visão do mundo aos crentes e não crente, independentemente de quaisquer outras posições políticas que tenham. Para os islamitas a única opinião que lhes interessa é a deles. Com gente desta não podemos debater, só podemos combater. 

Como diz Charles Lambroschini no Le Figaro de hoje:

Dans les premiers mois de la guerre, les Français, les Allemands et tous les journalistes ressortissants des pays qui avaient refusé de suivre George W. Bush dans l'aventure irakienne, pouvaient compter sur une certaine immunité. Aujourd'hui, c'est fini. Pour les islamistes, il n'y a pas de «bons» Occidentaux, critiques de la politique des Eats-Unis, et de «mauvais» Occidentaux, alliés de l'armée américaine. Il n'y a plus que des infidèles.

Quem não percebeu isto, não percebe realmente nada. E o mais grave, é que alguns destes ignorantes (e que habitualmente chamam ignorante aos outros) querem governar-nos.

1 comentário

Comentar post

Mais sobre mim

foto do autor

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Blogs

  •  
  • Notícias

  •  
  • Política e Economia

  •  
  • Religião

    Arquivo

    1. 2020
    2. J
    3. F
    4. M
    5. A
    6. M
    7. J
    8. J
    9. A
    10. S
    11. O
    12. N
    13. D
    14. 2019
    15. J
    16. F
    17. M
    18. A
    19. M
    20. J
    21. J
    22. A
    23. S
    24. O
    25. N
    26. D
    27. 2018
    28. J
    29. F
    30. M
    31. A
    32. M
    33. J
    34. J
    35. A
    36. S
    37. O
    38. N
    39. D
    40. 2017
    41. J
    42. F
    43. M
    44. A
    45. M
    46. J
    47. J
    48. A
    49. S
    50. O
    51. N
    52. D
    53. 2016
    54. J
    55. F
    56. M
    57. A
    58. M
    59. J
    60. J
    61. A
    62. S
    63. O
    64. N
    65. D
    66. 2015
    67. J
    68. F
    69. M
    70. A
    71. M
    72. J
    73. J
    74. A
    75. S
    76. O
    77. N
    78. D
    79. 2014
    80. J
    81. F
    82. M
    83. A
    84. M
    85. J
    86. J
    87. A
    88. S
    89. O
    90. N
    91. D
    92. 2013
    93. J
    94. F
    95. M
    96. A
    97. M
    98. J
    99. J
    100. A
    101. S
    102. O
    103. N
    104. D
    105. 2012
    106. J
    107. F
    108. M
    109. A
    110. M
    111. J
    112. J
    113. A
    114. S
    115. O
    116. N
    117. D
    118. 2011
    119. J
    120. F
    121. M
    122. A
    123. M
    124. J
    125. J
    126. A
    127. S
    128. O
    129. N
    130. D
    131. 2010
    132. J
    133. F
    134. M
    135. A
    136. M
    137. J
    138. J
    139. A
    140. S
    141. O
    142. N
    143. D
    144. 2009
    145. J
    146. F
    147. M
    148. A
    149. M
    150. J
    151. J
    152. A
    153. S
    154. O
    155. N
    156. D
    157. 2008
    158. J
    159. F
    160. M
    161. A
    162. M
    163. J
    164. J
    165. A
    166. S
    167. O
    168. N
    169. D
    170. 2007
    171. J
    172. F
    173. M
    174. A
    175. M
    176. J
    177. J
    178. A
    179. S
    180. O
    181. N
    182. D
    183. 2006
    184. J
    185. F
    186. M
    187. A
    188. M
    189. J
    190. J
    191. A
    192. S
    193. O
    194. N
    195. D
    196. 2005
    197. J
    198. F
    199. M
    200. A
    201. M
    202. J
    203. J
    204. A
    205. S
    206. O
    207. N
    208. D
    209. 2004
    210. J
    211. F
    212. M
    213. A
    214. M
    215. J
    216. J
    217. A
    218. S
    219. O
    220. N
    221. D
    222. 2003
    223. J
    224. F
    225. M
    226. A
    227. M
    228. J
    229. J
    230. A
    231. S
    232. O
    233. N
    234. D