Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt
.artigos recentes

. Talvez abundância..., não...

. Ajuda arbitral

. Mundial 2010

. Uma pequena dúvida

. Serviço público?

. Jogos a sério? Para quê?

.arquivos

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

.Sitemeter
Sexta-feira, 1 de Julho de 2011
Talvez abundância..., não?

Benfica não tem excesso de jogadores, garante Rui Costa

publicado por Rui Oliveira às 23:59
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 21 de Março de 2009
Ajuda arbitral

O Benfica, com a habitual ajuda arbitral, lá conseguiu ganhar um troféu esta época. Agora, só tem que acender uma velinha de agradecimento ao São Lucílio.

publicado por Rui Oliveira às 21:55
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Sábado, 6 de Setembro de 2008
Mundial 2010

Portugal começou bem. É certo que Malta é fraquinha, mas certo é também que num passado recente a selecção de Scolari tremeu perante adversários deste calibre. Não sei se Queiroz vai conseguir qualificar a selecção para o Mundial. Tenho muitas dúvidas é que com  Scolari se conseguisse a qualificação com este grupo de qualificação. Se para o Europeu a coisa foi foi assim para o mauzinho (não ganhámos à Polónia, Sérvia e Finlândia), com a Suécia e Dinamarca no grupo e a só passar o primeiro directamente, não sei não.

 

Bem, mais a sério será com a Dinamarca. Mas, para mim, seja qual o resultado, ainda bem que acabou o clube dos amigos do Scolari.

publicado por Rui Oliveira às 23:57
link do post | comentar | favorito
|
Terça-feira, 29 de Julho de 2008
Uma pequena dúvida

Hoje, na televisão, vi o advogado do Vitória de Guimarães dizer que tinha enviado para a UEFA o parecer de Freitas do Amaral na sexta-feira passada, devidamente traduzido. Isto claro, numa tentativa mais de alcançar na secretaria aquilo que não alcançou no campo, isto é, chegar directamente à Liga dos Campeões.

 

Mas, a minha dúvida nem tem nada a ver com futebol e estes trocadilhos jurídicos. Tem antes como uma dúvida que me surgiu quando ele disse que enviou o parecer traduzido na sexta-feira passada. Até pensei que tinha ouvido mal. Mas não, o Record refere isso mesmo:

 

[...] o requerimento foi enviado segunda-feira depois de, sexta-feira, ter seguido, devidamente traduzido, o parecer do professor Freitas do Amaral, encomendado pela FPF, que depois adoptou as suas indicações, assim como o comunicado do presidente da FPF, Gilberto Madaíl.

 

E qual é a minha dúvida? É simples:

 

O parecer de Freitas do Amaral tem 137 páginas (pode ser encontrado aqui). Embora não sejam páginas muito cheias, penso que o documento deve ter mais de 20 000 palavras (mas mesmo que tenha menos, sempre serão muitos milhares de palavras).

 

Segundo, o parecer foi publicado no sítio da FPF na sexta-feira, dia 25 de Julho, tendo este parecer, segundo as notícias daquela semana, sido entregue na Federação no dia anterior.

 

O Guimarães até poderia ter recebido o parecer antes da publicação da FPF (coisa em que não acredito muito), mas nunca o poderá ter recebido antes da FPF.

 

A minha dúvida é: como conseguiram eles traduzir e enviar ainda na própria sexta-feira o dito parecer? É que a não ser que tivessem conhecimento do parecer com uma antecedência razoável,  o Guimarães nunca conseguiria traduzir e enviar para a UEFA o parecer nesse dia 25 de Julho. Será que utilizaram um programa de tradução automática? Utilizaram vários tradutores e juntaram tudo no final (má solução)?

 

Agora a sério, é que, sinceramente e como tradutor profissional que traduz várias centenas de mlhares de palavras por ano, gostava mesmo de saber como o fizeram...

 

Post scriptum: Já agora, espero que o Guimarães lute por chegar à Liga dos Campeões por direito próprio. É que por este modo, está difícil.

publicado por Rui Oliveira às 18:30
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 25 de Julho de 2008
Serviço público?

A RTP recuperou o direito de transmitir um jogo de futebol da Liga por semana, batendo a TVI. Para o fazer parece que entregou direitos dos Jogos Olímpicos de Pequim à SportTV. Se a RTP fosse uma empresa privada nada disto me incomodaria. Mas, a RTP é pública, é gerida com o nosso dinheiro, e, supostamente, deveria fazer serviço público. Não me parece que isto seja serviço público, pois tanto a TVI como a SIC o poderiam fazer em canal aberto. E, aliás, para fazer serviço público não era preciso uma televisão de estado.

publicado por Rui Oliveira às 14:48
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 20 de Julho de 2008
Jogos a sério? Para quê?

Não sei que raio de serviço público é o da RTP para transmitir jogos a brincar do Porto, Benfica e Sporting e ignorar o primeiro jogo a sério de uma equipa portuguesa, neste caso o Braga, que até venceu na Turquia.

 

Eu sou adepto do Porto, mas os primeiros jogos amigáveis costumam ser mauzinhos (ontem, o do Benfica foi uma seca de todo o tamanho), pelo que antes preferiria ver um jogo a sério, mesmo que nenhum dos três grandes esteja envolvido.

 

Mas, pelos vistos, este jogo não era suficientemente importante para o futebol português... Para a RTP a clubite é mais importante.

 

Dizem que a mentalidade dos dirigentes portugueses do futebol tem que mudar. Mas, só a dos dirigentes? E a dos jornalistas? E a dos adeptos? Assim não se vai lá.

publicado por Rui Oliveira às 19:52
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. aborto

. ambiente

. anti-semitismo

. blogosfera

. blogs

. ciência

. comentário

. comunicação social

. cultura

. desporto

. diversos

. ecologia

. economia

. educação

. efeméride

. eleições

. ensino

. europa

. frança

. futebol

. futebol portugal

. história

. história de portugal

. idiotas úteis

. internacional

. israel

. justiça

. língua

. literatura

. literatura cultura

. liturgia

. livros

. multiculturalismo

. música

. poesia

. polémicas

. política

. politicamente correcto

. porto

. portugal

. religião

. terrorismo

. tradução

. tradução comentário

. união europeia

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds