Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt
.artigos recentes

. A mania dos automóveis el...

. Será o retorno ao bom sen...

. Lá se foi o consenso...

. Assédio

.arquivos

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

.Sitemeter
Sexta-feira, 9 de Março de 2012
A mania dos automóveis eléctricos

O muito recomendável Ecotretas fala hoje sobre o Tesla e as suas "virtudes" que, aliás, estão a ficar caras para os proprietários que caíram no engodo. Nem a propósito, encontrei mais uma notícia interessante sobre um híbrido, o Fisker Karma. Então não é que a revista Consumer Report compra o automóvel e, quando o preparava para o teste, o veículo com menos de 320 quilómetros no conta-quilómetros avariou e regressou à fábrica de reboque. Por outro lado o Chevrolet Volt está a ter grandes problemas do outro lado do Atlântico.

 

Enfim, híbridos ou totalmente eléctricos, facto é que os problemas acontecem com demasiada frequência, sendo que se tem que ter em atenção que estes veículos estão longes de ser baratos. Podem-me dizer, é uma tecnologia nova. Bem, nova não é, pois no início da história do automóvel o automóvel eléctrico competiu com o automóvel com motor de combustão eléctrica e o a vapor. Aliás, em 1899, o primeiro automóvel a passar os 100 km/h foi um automóvel eléctrico, La Jamais Contente. Só que o automóvel eléctrico, por razões tecnológicas e financeiras, não conseguiu aguentar a concorrência. Cem anos depois, o maior problema do automóvel eléctrico continua a ser a sua autonomia.

 

Devo avisar, desde já, que não sou contra o automóvel eléctrico. Gostaria muito que ele resolvesse os seus problemas de tecnologia. Mas, parece-me que esse tempo ainda está longe. E parece-me também altamente irresponsável toda a propaganda (só porque é "verde") à sua volta, quando os seu benefícios ainda estão longes de amanhãs que cantam prometidos.

publicado por Rui Oliveira às 22:18
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 26 de Junho de 2009
Será o retorno ao bom senso?

O WSJ diz-nos que o número de cépticos em relação às causas antropogénicas das alterações climáticas está a aumentar e isto só pode ser um bom sinal. Sinal de que as pessoas não foram completamente atropeladas por alarmistas da nova eco-religião que queriam demonizar todos aqueles que não fossem crentes. Inventaram um suposto consenso científico, que afinal não existe.

 

Talvez agora seja possível tratar racionalmente tratar o assunto (se houver alguma coisa para tratar).

 

 

publicado por Rui Oliveira às 19:11
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 31 de Agosto de 2007
Lá se foi o consenso...
Interessante o artigo escrito Michael Asher Survey: Less Than Half of all Published Scientists Endorse Global Warming Theory. Eis o que foi investigado (destaques meus):

In 2004, history professor Naomi Oreskes performed a survey of research papers on climate change. Examining peer-reviewed papers published on the ISI Web of Science database from 1993 to 2003, she found a majority supported the "consensus view," defined as humans were having at least some effect on global climate change. Oreskes' work has been repeatedly cited, but as some of its data is now nearly 15 years old, its conclusions are becoming somewhat dated.

Medical researcher Dr. Klaus-Martin Schulte recently updated this research. Using the same database and search terms as Oreskes, he examined all papers published from 2004 to February 2007. The results have been submitted to the journal Energy and Environment, of which DailyTech has obtained a pre-publication copy. The figures are surprising.

Of 528 total papers on climate change, only 38 (7%) gave an explicit endorsement of the consensus. If one considers "implicit" endorsement (accepting the consensus without explicit statement), the figure rises to 45%. However, while only 32 papers (6%) reject the consensus outright, the largest category  (48%) are neutral papers, refusing to either accept or reject the hypothesis.  This is no "consensus."

[...]

Schulte's survey contradicts the United Nation IPCC's Fourth Assessment Report (2007), which gave a figure of "90% likely" man was having an impact on world temperatures. But does the IPCC represent a consensus view of world scientists? Despite media claims of "thousands of scientists" involved in the report, the actual text is written by a much smaller number of "lead authors." The introductory "Summary for Policymakers" -- the only portion usually quoted in the media -- is written not by scientists at all, but by politicians, and approved, word-by-word, by political representatives from member nations. By IPCC policy, the individual report chapters -- the only text actually written by scientists -- are edited to "ensure compliance" with the summary, which is typically published months before the actual report itself.

By contrast, the ISI Web of Science database covers 8,700 journals and publications, including every leading scientific journal in the world.

Pois é, mas há algumas pessoas que nos querem fazer crer que todos os cientistas pensam que o homem é o causador do aquecimento global. Enfim...
publicado por Rui Oliveira às 11:04
link do post | comentar | favorito
|
Segunda-feira, 21 de Maio de 2007
Assédio
É o mínimo que se pode dizer desta notícia:
First it was his world history class. Then he saw it in his economics class. And his world issues class. And his environment class. In total, 18-year-old McKenzie, a Northern Ontario high schooler, says he has had the film An Inconvenient Truth shown to him by four different teachers this year.
Se isto não é fanatismo eco-religioso, então não sei o que é. Uma coisa é, de certeza: lavagem ao cérebro dos jovens!
tags:
publicado por Rui Oliveira às 22:37
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. aborto

. ambiente

. anti-semitismo

. blogosfera

. blogs

. ciência

. comentário

. comunicação social

. cultura

. desporto

. diversos

. ecologia

. economia

. educação

. efeméride

. eleições

. ensino

. europa

. frança

. futebol

. futebol portugal

. história

. história de portugal

. idiotas úteis

. internacional

. israel

. justiça

. língua

. literatura

. literatura cultura

. liturgia

. livros

. multiculturalismo

. música

. poesia

. polémicas

. política

. politicamente correcto

. porto

. portugal

. religião

. terrorismo

. tradução

. tradução comentário

. união europeia

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds