Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt
.artigos recentes

. Tempo novo, totalitarismo...

. Golpistas encartados

. Amadorismo

. A habitual arrogância dos...

. Ainda a cópia privada

. Boa notícia...

. Maldito solarengo

. Querida televisão...

. Desinformação ou ignorânc...

. Ratisbona, laicidade e la...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

.Sitemeter
Quarta-feira, 31 de Outubro de 2007
Setúbal in - Benfica out
Esta noite não correu nada mal, ainda por cima o Setúbal é o meu clube do sul preferido. E, ainda por cima, o Setúbal mereceu ganhar.

Tudo está bem quando acaba bem.
publicado por Rui Oliveira às 23:37
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Domingo, 28 de Outubro de 2007
Mártires e memória histórica

Dizia Cícero (De Oratore, 2:36): Historia uero testis temporum, lux ueritatis, uita memoriae, magistra uitae, nuntia uetustatis (A história é, de facto, testemunha dos tempos, luz da verdade, vida da memória, mestra da vida, mensageira do passado).

Só que, actualmente (e, se calhar, sempre o foi), a história é uma arma de arremesso político, como se pode ver pelo que se passa aqui ao lado em Espanha, a propósito da chamada “Lei da Memória História”, que mais não é um revanchismo, um acerto de contas, de Zapatero e o seu bando com a história, não a procura de uma memória histórica o mais imparcial possível (a objectividade absoluta é impossível) sobre os horríveis acontecimentos de há 70 anos (onde estavam em confronto, lembre-se, duas visões antidemocráticas da vida política).

Talvez, muito assim o pensam, como resposta, o Vaticano beatificou hoje 498 mártires de Espanha (correspondentes aos anos 1934, 36, 37). O facto é que já João Paulo II tinha, anteriormente, beatificado mártires do tempo da guerra civil.

Mas, quanto a este assunto, não posso deixar de concordar com o que diz Vasco Pulido Valente hoje no Público. Depois de criticar esta mania da Europa Ocidental pedir desculpa por coisas feitas no passado, VPV passa à questão da Lei de Memória Histórico (nome que considera grotesco):

Ora se a Igreja Católica esteve com Franco, também é verdade que os partidos de “esquerda” a perseguiram por meios drásticos (roubando, matando, violando, incendiando) muito antes da sublevação de Franco, mas sobretudo a partir da vitória da Frente Popular.

[…] A propaganda atrai propaganda. Se Zapatero se recusa a esquecer a República, não se pode espantar que a Igreja se recuse a esquecer os crimes da República contra ela cometidos. Quem usa a História como arma encontra fatalmente outra arma da História. A História não é imutável, é o que quiser quem se apropriar dela. Com “desculpas”, com leis ou com beatificações.

publicado por Rui Oliveira às 12:59
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 25 de Outubro de 2007
Picuinhices...
Estou a ver um interessante documentário na RTP2 intitulado em português "No rasto dos fenícios" (original: "National Geographic: Quest for the Phoenicians") e, a certa altura, fala-se dos "sea peoples" a que, quem legendou, foi dado o nome, em português, de "gentes do mar".

Claro que "gentes do mar", para quem sabe alguma coisa de história da Antiguidade do Médio-Oriente, soa a muito estranho, pois, em todos os livros de história em português o termo utilizado é "povos do mar". Mesmo a Wikipedia acerta neste caso (ver "sea peoples" e "povos do mar").

Pode-se dizer que é uma picuinhice, que não afecta o entendimento geral do documentário, nem sobre a qualidade geral da tradução (isto é, legendagem).

Um tradutor profissional, independente, por norma geral, nunca poderá ser especialista em tudo o que traduz, mesmo que especialize em algumas áreas. Deparar-se-á sempre com coisas que nunca viu. Mas isso não deve ser um problema inultrapassável (muito mais problemático, frequentemente, são os ridículos prazos que os clientes impõem, por desconhecimento completo do que é uma tradução). Para além de saber as duas línguas em questão e, também, ter conhecimentos nas áreas em que traduz, um tradutor deve apurar uma competência essencial para a tradução: a pesquisa. Se não tiver uma grande capacidade em pesquisar, em encontrar recursos, em procurar, então nunca poderá ser um grande tradutor.

Por outro lado, deve ter sensibilidade para saber reconhecer um termo técnico quanto encontra um. Há palavras, que em determinado contexto ou área do conhecimento, adquirem o estatuto de termo técnico e que, por vezes, se afastam bastante da sua utilização em linguagem geral.

Muito mais hilariante e grave, demonstrando uma total incultura (e também, como nos jornais, se pensa que qualquer pessoa que saiba línguas pode traduzir notícias) é o contado por JVC sobre um tal de São Janeiro.
publicado por Rui Oliveira às 16:17
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 21 de Outubro de 2007
FERRARIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIIII
Como ferrarista convicto não posso estar mais contente pela vitória de Raikkonen no Brasil e no Mundial de F1.

Nada tenho contra o Hamilton ou o Alonso, a não ser o facto de não estarem aos comandos de um Ferrari...
tags:
publicado por Rui Oliveira às 19:13
link do post | comentar | favorito
|
Sábado, 20 de Outubro de 2007
Taça da Liga
Bom, há alguns que hoje devem estar com muito pouca vontade para falarem em milagres.

Por outro lado, o Adu tem um certo dom para fazer manter o Benfica na Taça da Liga.

Vamos ver como é que tudo isto fica na segunda-mão...
publicado por Rui Oliveira às 23:57
link do post | comentar | favorito
|
Domingo, 14 de Outubro de 2007
Mundial de râguebi
Eu sei que a selecção portuguesa já veio embora do campeonato, mas não é por isso que se deve deixar de seguir os jogos. Para já sabe-se que a final vai ser África do Sul contra a Inglaterra. Na fase de grupos a África do Sul ganhou 36-0 aos ingleses, mas ficaria muito admirado que o resultado se repetisse agora.

Quanto aos jogos das meias-finais, a Inglaterra-França foi um jogo pouco espectacular. Não gostei muito. Quanto ao Argentina-África do Sul, foi um jogo muito aberto, com os argentinos a jogarem ao ataque, mas a perderem a bola em situações de ataque que permitiram contra-ataques sul-africanos que deram em ensaios. De qualquer modo, foi um jogo muito mais agradável de ver, com os argentinos a pagarem pelos erros cometidos (pelo menos dois dos ensaios sul-africanos foram consequência directa de erros no ataque argentino).

Os jogos para o 3.º e 4.º lugar e para o 1.º e 2.º vão pôr frente a frente equipas que se defrontaram na primeira fase, nessa altura com vantagem para as equipas do hemisfério sul. Vamos ver se a história se repete...
publicado por Rui Oliveira às 23:50
link do post | comentar | favorito
|
Sexta-feira, 12 de Outubro de 2007
A palhaçada do costume
Mais uma vez o prémio Nobel da Paz é uma palhaçada. Como eu dizia ontem, tinha a impressão de que ia sair disparate. Bom, acertasse eu assim no Euromilhões: os premiados são o Al Gore e o IPCC. Tudo previsto (ontem até chegou a dizer-se que tinha cancelado a agenda que tinha prevista, o que na realidade não se verificou). O que é que isto tem quer ver com a paz! Mas, o que é que isso interessa para o comité Nobel? Nada. Fazer doutrinação da eco-religião é muito mais importante, pois então!
publicado por Rui Oliveira às 10:17
link do post | comentar | favorito
|
Quinta-feira, 11 de Outubro de 2007
Prémio Nobel da Literatura
A escolhida foi Doris Lessing que, diga-se de passagem, não conheço (com tantos escritores é difícil ler tudo).

Mas, pelos comentários que li e ouvi hoje, penso que, desta vez, a escolha não é propriamente um escândalo. Não se caiu na tentação de se premiar alguém apenas por uma qualquer questão politicamente correcta.

Ainda bem. Assim não se desprestigia o Nobel. Esperemos que amanha, para o Prémio Nobel da Paz, se tenha o mesmo bom senso.

Não sei porquê, mas tenho a impressão de que não será assim ee que vai sair disparate.
publicado por Rui Oliveira às 23:55
link do post | comentar | favorito
|
Quarta-feira, 10 de Outubro de 2007
Ele há cada uma...
E se em vez deste título Estado perde 135 M€ por abdicar de aumentar ISP em 2008, tentassem um títutlo deste género Em 2008, os cidadãos não serão espoliados em mais 135 M€?

Tal como está, até parece que o governo está a fazer um favor aos portugueses. Enfim...
publicado por Rui Oliveira às 23:56
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
|
Terça-feira, 9 de Outubro de 2007
Está bonito está...
German striker refuses to play in Israel

Razões pessoais, diz ele. Pois, a gente sabe.
publicado por Rui Oliveira às 23:51
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. aborto

. ambiente

. anti-semitismo

. blogosfera

. blogs

. ciência

. comentário

. comunicação social

. cultura

. desporto

. diversos

. ecologia

. economia

. educação

. efeméride

. eleições

. ensino

. europa

. frança

. futebol

. futebol portugal

. história

. história de portugal

. idiotas úteis

. internacional

. israel

. justiça

. língua

. literatura

. literatura cultura

. liturgia

. livros

. multiculturalismo

. música

. poesia

. polémicas

. política

. politicamente correcto

. porto

. portugal

. religião

. terrorismo

. tradução

. tradução comentário

. união europeia

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds