Liberae sunt enim nostrae cogitationes - Cícero (Mil. 29 - 79) . Um blog de Rui Oliveira superflumina@sapo.pt
.artigos recentes

. Tempo novo, totalitarismo...

. Golpistas encartados

. Amadorismo

. A habitual arrogância dos...

. Ainda a cópia privada

. Boa notícia...

. Maldito solarengo

. Querida televisão...

. Desinformação ou ignorânc...

. Ratisbona, laicidade e la...

.arquivos

. Janeiro 2016

. Novembro 2015

. Agosto 2015

. Abril 2015

. Março 2015

. Fevereiro 2015

. Outubro 2013

. Maio 2013

. Março 2013

. Fevereiro 2013

. Setembro 2012

. Agosto 2012

. Julho 2012

. Junho 2012

. Maio 2012

. Abril 2012

. Março 2012

. Fevereiro 2012

. Janeiro 2012

. Dezembro 2011

. Novembro 2011

. Outubro 2011

. Setembro 2011

. Agosto 2011

. Julho 2011

. Junho 2011

. Março 2011

. Fevereiro 2011

. Janeiro 2011

. Dezembro 2010

. Novembro 2010

. Outubro 2010

. Setembro 2010

. Julho 2010

. Junho 2010

. Maio 2010

. Abril 2010

. Março 2010

. Fevereiro 2010

. Janeiro 2010

. Dezembro 2009

. Novembro 2009

. Outubro 2009

. Setembro 2009

. Agosto 2009

. Julho 2009

. Junho 2009

. Maio 2009

. Abril 2009

. Março 2009

. Fevereiro 2009

. Janeiro 2009

. Dezembro 2008

. Novembro 2008

. Outubro 2008

. Setembro 2008

. Agosto 2008

. Julho 2008

. Junho 2008

. Maio 2008

. Abril 2008

. Março 2008

. Fevereiro 2008

. Janeiro 2008

. Dezembro 2007

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Dezembro 2004

. Novembro 2004

. Outubro 2004

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

. Abril 2004

. Março 2004

. Fevereiro 2004

. Janeiro 2004

. Dezembro 2003

.Sitemeter
Quarta-feira, 9 de Fevereiro de 2005
Democracy is Not Polite Tea Party
Com este título Salman Rushdie tem uma coluna de opinião onde ataca a possível lei contra a blasfémia na Grã-Bretanha. Diz Rushdie (destaques meus):

Offense and insult are part of everyday life for everyone in Britain (or the U.S., for that matter). All you have to do is open a daily paper and there's plenty to offend. Or you can walk into the religion section of a bookshop and discover you're damned to various kinds of eternal hellfire, which is certainly insulting, not to say overheated.

The idea that any kind of free society can be constructed in which people will never be offended or insulted, or in which they have the right to call on the law to defend them against being offended or insulted, is absurd.

São ideias comuns que o senso comum reconhece como verdadeiras. Claro que a polícia do pensamento e do politicamente correcto não está de acordo. Continua Rushdie:

In the end, a fundamental decision needs to be made: Do we want to live in a free society or not? Democracy is not a tea party where people sit around making polite conversation. In democracies, people get extremely upset with each other. They argue vehemently against each other's positions. (But they don't shoot.)

Outra verdade. O facto de se discutir não leva a que as pessoas disparem umas contra as outras. Mas Rushdie vai mais além e aponta algumas das consequências da nova lei (se aprovada):

With its proposed "incitement to religious hatred" law, Prime Minister Tony Blair's government has set out to create that impossibility. Privately they'll tell you the law is designed to please "the Muslims." But which Muslims, when and on what day?

The ability of this proposed law to protect "the Muslims" seems to me arguable. It is possible that instead it will be used against Muslims before it's used against anyone else. There are identifiable racist and right-wing groups in Britain that would argue that Muslims are the ones inciting religious hatred, and these groups would use, or try to use, this law against them.

There is no question that there also are Muslim leaders who are anxious to prosecute others (for example, me and my book, "The Satanic Verses") and will try to do so if this law is passed. So this law would unleash some major expressions of intolerance.

A conclusão é naturalmente trágica mas lógica:

What this kind of attitude ultimately does, and what the law would do, is undermine a principle of free expression that affects everyone in Britain, religious or not. If we cannot have open discourse about the ideas by which we live, then we are straitjacketing ourselves.

It does matter that people have the right to take an argument to the point where somebody is offended by what they say. It's no trick to support the free speech of somebody you agree with or to whose opinion you are indifferent. The defense of free speech begins at the point when people say something you can't stand. If you can't defend their right to say it, then you don't believe in free speech. You believe in free speech only as long as it doesn't get up your nose. But free speech does get up people's noses. Nietzsche called Christianity "the one great curse" and "the one immortal blemish on mankind." Would Nietzsche now be prosecuted?

Esta tendência para punir a blasfémia que se vem notando em certos países do norte da Europa (Reino Unido e Holanda por exemplo) é preocupante, ainda para mais, ligada ao politicamente correcto (alegado respeito por minorias, etc.). Se calhar vai ser preciso lutar de novo pelo direito à liberdade de expressão.
publicado por Rui Oliveira às 17:36
link do post | comentar | favorito
|
.mais sobre mim
.pesquisar
 
.Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31
.tags

. aborto

. ambiente

. anti-semitismo

. blogosfera

. blogs

. ciência

. comentário

. comunicação social

. cultura

. desporto

. diversos

. ecologia

. economia

. educação

. efeméride

. eleições

. ensino

. europa

. frança

. futebol

. futebol portugal

. história

. história de portugal

. idiotas úteis

. internacional

. israel

. justiça

. língua

. literatura

. literatura cultura

. liturgia

. livros

. multiculturalismo

. música

. poesia

. polémicas

. política

. politicamente correcto

. porto

. portugal

. religião

. terrorismo

. tradução

. tradução comentário

. união europeia

. todas as tags

.links
.Fazer olhinhos
blogs SAPO
.subscrever feeds